TRANSPORTE PARA A SAÚDE

Da carga global de doenças, lesões e Fatores de Risco Estudo 2010 (GBD 2010) foi implementado como uma colaboração entre sete instituições: o Instituto de Metrologia da Saúde e Avaliação (IHME) como o centro de coordenação, a Universidade
de Queensland Escola de Saúde da População, Harvard School of Public Health, da Escola Bloomberg Johns Hopkins de Saúde Pública, da Universidade de Tóquio, Imperial College London e da Organização Mundial de Saúde. Este resumo baseia-se em
sete GBD 2010 artigos publicados em The Lancet (2012; 13 Dez 380). GBD 2010 tinha 488 co-autores de 303 instituições em 50 países.

O Banco Mundial e IHME supervisionou a produção desta publicação. Nós gostaríamos de agradecer aos revisores do Banco Mundial para os seus comentários, especialmente Anne-Maryse Pierre-Louis da Rede de Desenvolvimento Humano, Veronica Raffo da Unidade de Transportes da América Latina, e Andreas Kopp do Anchor Transportes. Estamos gratos ao autor do relatório, Kavi Bhalla; a William Heisel, Stephen Lim, e Rhonda Stewart em IHME para orientação de conteúdo; Daniel Greenbaum e Robert O’Keefe no Instituto efeitos para a saúde para comentários valiosos; para Ryan Barber,
Stan Biryukov, Megan Coggeshall, Daniel Dicker, e Diego Gonzalez-Medina para análise de dados; para a Bretanha Wurtz pela coordenação do programa e verificação de fato; a Katherine Leach-Kemon para a gestão de publicação; a Patricia Kiyono pela supervisão de produção; Brian Childress para o apoio editorial; e Ann Kumasaka para o projeto. Este relatório não teria sido possível sem as contribuições em curso de Global Burden of Disease colaboradores em todo o mundo. Em particular, os membros da Carga Global de Doenças Lesão Grupo de Peritos e Grupo de Peritos Poluição do Ar fizeram contribuições substanciais para as descobertas apresentadas neste relatório.

iect_transito_saude

Leave a Comment