ANÁLISE DOS ACIDENTES DE TRANSPORTE

Análise dos acidentes de transporte na Região Metropolitana de São Paulo segundo os eixos do Observatório de Saúde

Os acidentes de transporte já ocupam o posto de uma das principais causas de mortalidade no mundo. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 1,2 milhões de pessoas morrem anualmente vítimas de acidentes de transporte, e entre 20 e 50 milhões de pessoas são vítimas de lesões não fatais resultantes desses acidentes (OMS, 2009).

É importante ressaltar que este trabalho utilizou a definição de acidente de transporte presente na Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde 10a revisão (CID – 10), segundo a qual “acidente de transporte é todo acidente que envolve um veículo destinado, ou usado no momento do acidente, principalmente para o transporte de pessoas ou de mercadorias de um lugar para o outro”. Este conceito é um pouco mais abrangente que a definição de acidente de trânsito, que, de acordo com essa mesma classificação, corresponde a “todo acidente com veículo ocorrido na via pública [i.e. originando-se, terminando ou envolvendo um veículo parcialmente situado na via pública]. O acidente de veículo é considerado como tendo ocorrido na via pública a menos que haja a especificação de outro local, exceto nos casos de acidentes envolvendo somente veículos especiais a motor [veículos a motor não- de-circulação] que, salvo menção em contrário, não são classificados como acidentes de trânsito”.

iect_acidentes_transito

Leave a Comment